Quer aprender inglês? 10 dicas para escolher o melhor método

Não falar inglês virou um tabu nos dias atuais. Aprender o idioma mais falado do mundo é um projeto, muitas vezes inacabado, de quase todo mundo. Será que é o seu? Se sim, o que falta para alcançar o objetivo de aprender inglês de uma vez por todas?

Antes de mais nada, pare tudo e continue a leitura deste artigo. Abaixo você vai encontrar dicas valiosas para começar a aprender inglês agora mesmo. Afinal, não é só nas aulas de inglês, aquelas formais, que a gente aprende o idioma, né? E quer saber, há muito mais o que se fazer fora delas para garantir a desejada fluência!

Ah! E não se esqueça de checar o clube de vantagens da Benê! Por lá, nossos clientes têm descontos em cursos de inglês presenciais e online. Se você já é cliente Benê, é só acessar a plataforma. Se não, fale conosco!

Mas não nos demoremos mais, vamos às dicas para aprender inglês!

Passo #1: Relaxe! O inglês não é sua língua materna.

Uma das coisas que mais atrapalha estudantes que querem aprender inglês é a ansiedade. Tente não se preocupar com o tempo necessário para ser fluente, ele não é igual para todo mundo.

Eventualmente, há certa pressão sobre os alunos de um curso de inglês, seja ela profissional, acadêmica ou uma viagem turística que se aproxima. Assim, para conseguir se concentrar em absorver o máximo que puder em pouco tempo, você vai precisar relaxar.

Repita como uma mantra: você não precisa falar inglês como um americano, britânico ou australiano. Mantenha em mente que saber se comunicar é muito melhor do que saber as regras gramaticais de cor e salteado.

Portanto, não se preocupe com os erros e não se desculpe por não saber inglês direito. A melhor maneira de começar a aprender inglês é superar a cobrança e autocrítica excessiva!

Passo #2: Quais são as suas preferências para estudar inglês?

Há diferentes maneiras de aprender inglês, igualmente eficazes, e você pode escolher entre elas. Qual é a sua favorita? Entenda abaixo:

  • Aprender inglês sozinho

Essa é uma das opções mais independentes, mas pode ser desafiadora. Por um lado, você pode tentar pesquisar por conta própria e estudar sozinho, com material online, livros, aplicativos, sites e etc; por outro, você pode contratar um professor particular e aliar a pesquisa às orientações de um profissional.

Financeiramente, esta opção tem dois extremos: aprender inglês sozinho, pesquisando, não custa nada. Já contratar um professor para aulas particulares normalmente é a opção mais cara.

  • Aprender inglês em grupo

Quem prefere um ambiente de estudo mais social, pode optar pelos cursos de inglês em grupo. Por ocasião da pandemia, pode haver diferenças de locais onde eles estejam funcionando normalmente, mas eles também têm tanto opções presenciais quanto online. Nesse caso, um professor comanda a aula de inglês, que segue o ritmo do grupo como um todo.

Para falar em custos, é mais barato fazer cursos de inglês em grupo, seja presencialmente ou online. Mas não é impossível aproveitar da opção de maneira gratuita: aprenda inglês se unindo a grupos de estudo na internet ou forme seu próprio grupo, entre amigos e familiares!

Só lembrando que isso tudo está disponível no clube de vantagens da Benê, com descontos em cursos de inglês. Estão disponíveis opções online e presenciais em várias cidades do Brasil. Conheça aqui nosso clube de vantagens!

Passo #3: E o material didático? Já escolheu?

Este é um passo importante para definir sua rotina de estudo. Aprender inglês é um processo único para cada tipo de pessoa e seus diferentes hábitos. Conheça abaixo alguns tipo de materiais didáticos que vão te ajudar a aprender inglês:

  • Livros, dicionários e gramáticas

Os estudantes mais tradicionais vão optar por opções de literatura mais consagradas. Livros são um ótimo material de estudo de inglês, é claro, mas, para aprender inglês mesmo, você vai precisar mesclar este método com algum outro que te permita conversar, né?

Dica valiosa: pesquise bem antes de comprar um livro de inglês. Algumas opções mais completas podem ser bem caras, mas você sempre pode contar com sebos online para garimpar aquele precinho acessível.

  • Blogs, sites e canais para aprender inglês

Com uma breve pesquisa no Google você vai encontrar toneladas de opções de sites, canais e blogs para aprender inglês. A maioria é gratuita, com conteúdos ótimos feitos com muito carinho por vários professores e amantes da língua inglesa. Organize os conteúdos e parta para os estudos, mas não esqueça de achar opções para conversação!

Ponto de atenção: não vá acreditar em tudo que vê por aí, hein? Antes de escolher aprender inglês com determinados sites, blogs ou canais, tente pesquisar um pouco sobre quem faz aquele conteúdo e se ele é confiável.

  • Aplicativos e ferramentas de aprendizagem

Aprender inglês é o objetivo de tanta gente que o que não faltam são opções! Com certeza você já ouviu falar em aplicativos e ferramentas para aprender inglês, né? Essas opções são legais porque unem explicações de conceitos e atividades que exercitam toda a prática do inglês, tudo juntinho numa coisa só.

Dica: a opção é muito boa, mas você precisa entender se funciona para você. Pessoas com dificuldades de concentração tendem a não se engajar neste tipo de atividade por muito tempo. O que acontece é que elas são feitas no smartphone ou computador, normalmente cheios de estímulos para te levar para outros lugares – redes sociais, por exemplo.

Passo #4: Que tipo de aluno você é?

Até aqui a gente já explicou que inglês não precisa ser esse monstro, que você tem opções para estudar inglês sozinho ou em grupo e até indicamos materiais didáticos, certo? Um ponto – o mais importante – a gente deixou para o final: que tipo de aluno de inglês você é?

Mais do que preocupar-se com melhores cursos de inglês, melhores escolas de inglês ou melhores livros de inglês, você precisa se preocupar em ser o melhor aluno de inglês possível.

Então, organize-se! Separe um tempo para estudar inglês onde você está e com o que você tem. Tenha paciência, compromisso e mantenha o foco. Outra característica importante em alunos de inglês é o altruísmo: ajude outras pessoas a estudar, ensine o que você sabe, e você vai reparar que seu inglês vai melhorar bastante.

Não seja este aluno: Evite ser o aluno apressado, que quer aprender inglês da noite para o dia. Não se desespere e tente manter o ritmo de estudo que você planejou, sem pular de um método para outro. Mantenha o positivismo e acredite no seu potencial, mas evite tornar-se refém da gramática, fonética e vocabulário vazio. 

Passo #5: Estude inglês o tempo todo, sem nem perceber

Outra coisa que as pessoas que falam inglês fluente fazem é se envolver ao máximo com a língua inglesa. Desse jeito, conforme você vai estudando inglês, você vai percebendo seu uso na prática e tudo acontece mais naturalmente.

Siga as nossas 10 dicas para inserir a língua inglesa no seu dia a dia:

  1. Inglês para ouvir: Ouça músicas em inglês, aprenda a letra de suas canções favoritas e cante-as em voz alta. Ouça programas de rádio e podcasts em inglês.
  1. Inglês para assistir: Assista filmes, séries e desenhos animados em inglês. Veja o mesmo episódio várias vezes e depois experimente trocar a legenda para inglês também.
  1. Inglês para ler: Escolha um site de notícias em inglês e leia-o diariamente. Escolha um livro ou histórias em quadrinhos e procure por edições em inglês para ler.
  1. Inglês para escrever: Leia textos curtos em inglês todos os dias. Faça cópias desses textos e depois tente escrever alguns você mesmo (tente criar pequenas histórias ou escrever falando de sua cidade, família, escola, amigos, trabalho…).
  1. Inglês para falar: Use um artista como exemplo e imite o modo como ele fala. Com isso em mente, leia textos em inglês em voz alta e tente memorizar frases usadas em situações específicas. Exercite falar em inglês sobre um tema específico durante um minuto ou descreva em inglês as fotos dos seus amigos nas redes sociais.
  1. Inglês para pensar: Tenha um “amigo imaginário” e fale sozinho em inglês. Aproveite também para pensar em inglês sempre que estiver sozinho. Quando estiver esperando em algum lugar, tente repetir mentalmente em inglês algo que você esteja ouvindo ou  descrever o local e as pessoas em inglês. Também ajuda repetir para você mesmo em inglês as coisas que pretende fazer ao longo do dia.
  1. Inglês para memorizar: Decore um discurso ou poema em inglês ou memorize e repita com frequência diálogos curtos em inglês.
  1. Inglês na internet: Altere o idioma de seus computadores e smartphones para inglês, incluindo redes sociais e seus apps favoritos. Sempre que for pesquisar algo no Google, tente realizar a pesquisa em inglês. Siga páginas e canais que deem pequenas dicas diárias de inglês.
  1. Inglês para praticar: Mantenha um diário em inglês e escreva nele todas as noites. Quando precisar fazer anotações em reuniões, aulas ou palestras, tente fazê-las em inglês.
  1. Inglês para socializar: Combine com os amigos de tentar sempre conversar em inglês por mensagens via WhatsApp ou redes sociais. Ensine a outras pessoas o que você estiver aprendendo sobre inglês no momento e faça uso dos games online para praticar seu inglês.

Conte com a Benê para aprender inglês

A gente já disse durante o texto, mas não custa lembrar: no clube de vantagens da Benê você tem descontos em cursos de inglês presenciais e online em várias cidades do Brasil. Acesse a plataforma se você já tem Benê. Se ainda não tem, clique aqui.

De um jeito ou de outro, siga as dicas desse artigo para arrasar e ser muito bilíngue!

Tópicos deste artigo

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Posts
Relacionados
Gostou?
Compartilhe!
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on facebook
Share on email
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter