OKR: o que é, significado, exemplos e metodologia

Toda empresa que hoje é grande um dia foi só uma ideia, um plano de negócios que envolvia poucas pessoas. A diferença entre elas e outras tantas pequenas e médias empresas que ficam pelo caminho pode ser a metodologia de gestão escolhida. Uma das mais famosas hoje em dia é a OKR.

Neste artigo explicaremos o que é OKR, qual é o significado da sigla, no que consiste a metodologia e citaremos alguns exemplos. 

Mundialmente conhecida como a metodologia de gestão que suportou o crescimento do Google de 1999 até hoje, a OKR é muito popular e utilizada nos mais diversos níveis. Ela é utilizada para dar direção e parâmetros mensuráveis aos negócios, com dados claros e objetivos.

Acesse abaixo a sua principal dúvida sobre a OKR ou aproveite para ler o artigo todo e aprender um pouco mais sobre essa bela ferramenta de gestão!

Boa leitura!

Tópicos deste artigo

O que significa OKR?

O significado da sigla OKR é Objectives and Key Results, que em tradução livre ao português quer dizer Objetivos e Resultados-chave. Sendo assim, as letras indicam justamente o foco principal dessa metodologia de gestão: facilitar a definição e acompanhamento dos objetivos e resultados esperados.

O que é OKR?

Como já citamos anteriormente, OKR é uma metodologia de gestão. Ela serve para organizar a forma como uma empresa olha para os objetivos e os resultados que possibilitam mensurá-los. Por isso, Objectives and Key Results.

Simplificando as definições, temos:

Objectives (Objetivos)

  • Descrição simples e objetiva do que a empresa pretende alcançar;
  • Deve ser qualitativo;
  • Além de concisos e claros, precisam ser aspiracionais; ou seja, fazer com que as pessoas o mantenham em mente e desejem alcançá-lo.

Key Results (Resultados-chave)

  • São as metas necessárias para alcançar os objetivos;
  • Devem ser quantitativas;
  • Cada objetivo deve ter de dois a cinco resultados-chave;
  • Indicam se os objetivos foram alcançados dentro do espaço de tempo planejado;
  • O período a ser avaliado normalmente é de três meses para OKRs táticos e um ano para OKRs estratégicos.

Com todas essas definições, podemos entender que a metodologia OKR cabe na frase: “Eu vou (Objetivos) medido por (Resultados-chave)”. 

Além do mais, se pensarmos bem, as OKRs ainda são uma efetiva ferramenta de comunicação. Com elas, as equipes se mantêm alinhadas sobre qual é o foco da empresa e em quais indicadores o esforço deve ser depositado.

Exemplos de OKR para se inspirar

É claro que só conceitos não são capazes de dar uma ideia clara de como implementar a metodologia OKR. Sendo assim, criamos alguns exemplos abaixo para que você possa se orientar e aplicar ao seu negócio.

Exemplo de OKR #1

Objetivo: aumentar as vendas

1º Key Result: aumentar o número de clientes em potencial em 80%

2º Key Result: ter mais receitas com subprodutos e upsell – aumento de 15%

3º Key Result: reduzir em 25% o ciclo de vendas

Exemplo de OKR #2

Objetivo 2: melhorar o atendimento ao cliente

1º Key Result: manter nota média da avaliação dos atendimentos acima de 7

2º Key Result: aumentar a velocidade de resposta em 50%

3º Key Result: implementar autoatendimento para demandas simples

4º Key Result: resolver ao menos 97% de todos os atendimentos

Exemplo de OKR #3

Objetivo 3: ser referência na minha área de atuação

1º Key Result: estar na 1ª página do Google para minha principal palavra-chave

2º Key Result: aumentar em 60% o número de novos clientes em canais digitais

3º Key Result: alcançar o maior número de seguidores nas redes sociais entre meus concorrentes diretos

Viu só? Construir sua estratégia baseada na metodologia OKR não é assim tão difícil. É claro que, para isso, você precisa saber – ou ao menos querer saber – para onde sua empresa vai e como você pode chegar lá.

Quais são as diferenças da metodologia OKR para as outras?

Gestores e donos de empresas sabem bem que a busca pelas melhores ferramentas e metodologias de gestão é exaustiva e parece eterna. Há sempre mais a se considerar, novidades promissoras, variáveis de mercado, etc. Entretanto, em algum momento é necessário parar, olhar para o todo e, finalmente, escolher uma… talvez a OKR.

Aqui na Benê nós também passamos por esse processo. Foi assim que chegamos à conclusão de que a metodologia OKR era a melhor para suportar nossa operação nesse momento – e que também seria a melhor para nos manter crescendo.

Abaixo listamos alguns dos motivos pelos quais acreditamos que a OKR é diferente das outras mais tradicionais. São eles:

Diferença #1 | Tempo

O período de tempo praticado nas OKRs costuma ser menor, tornando as metas mais tangíveis e, portanto, os objetivos mais palpáveis. Além disso, erros podem ser corrigidos de forma quase instantânea, já que os resultados são verificáveis on time.

Diferença #2 | Simplicidade

As descrições curtas e claras nessa metodologia fazem com que ela tenha engajamento maior que a média. Com objetivos e resultados-chave mais compreensíveis e simples, a equipe entende melhor seu papel na empresa.

Diferença #3 | Dissolução

Com os relatórios semanais dos resultados-chave, é possível antecipar se as metas serão alcançadas ao fim de cada trimestre. Assim, os times podem adaptar suas estratégias para atingir o esperado anualmente. Outras metodologias trabalham somente o período anual, tornando o processo de retomada ou ajustes mais engessado.

Diferença #4 | Posicionamento

Utilizando a metodologia OKR, uma empresa passa a alinhar com transparência quais são os objetivos e metas de todas as suas equipes e como elas farão com que todos cresçam juntos. Essa função colaborativa facilita o engajamento dos times e as razões de seus papéis, bem como facilita o entendimento de cada colaborador sobre o que é esperado dele.

Diferença #5 | Data-driven

Na prática, ser orientado por dados não é assim tão simples como pode parecer. Apesar disso, as OKR facilitam o processo de tomada de decisão baseado em informações reais. Com isso, projetos são construídos de modo a atacar as principais necessidades expostas justamente pelos dados dos resultados-chave.

Diferença #6 | Mensuração

Ao contrário das metodologias tradicionais, as OKRs medem o resultado das tarefas executadas e não o esforço empenhado nelas. Sendo assim, pode-se entender melhor quais delas são mais efetivas e resultam em um trabalho mais inteligente, com impacto mais expressivo nos indicadores e menos custo.

As melhores escolhas para sua empresa

Agora que você já conhece uma das melhores metodologias de gestão praticadas no mercado, que tal conhecer mais uma solução inovadora para sua empresa?

A Benê é uma plataforma que vai muito além da oferta de benefícios flexíveis e traz verdadeiras melhorias para o engajamento dos seus colaboradores. 

Invista no seu time, aumente a produtividade, diminua custos e melhore o clima organizacional. Peça agora mesmo sua demonstração da Benê!

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Facebook
Share on email
Email
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Posts
Relacionados
Gostou?
Compartilhe!
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on facebook
Share on email
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter